4 de ago de 2011

Um dia de ontem

Eu iria acordar e agradecer por mais um dia tê-la ao meu lado
Iria esquentar meu café com leite e enquanto isto caminharia até seu quarto
Ela estaria deitada pronta para dizer "Bom dia!!"
Enquanto eu tomasse meu café com leite conversaríamos sobre vários assuntos, inclusive todas as notícias da madrugada que ela havia escutado no radinho de pilha
Eu iria para meu banho habitual, me arrumaria para ir trabalhar
Perguntaria como de costume: esta roupa tá boa?
" Esta linda!"
To indo!!!! Daria um beijo e sairia de casa

Se estivesse para chover ela informaria a típica frase "leva o guarda-chuva", se tivesse trânsito "evite passar por tal endereço", se fosse esfriar "a temperatura vai mudar", se eu não estivesse bem "calmaaaaa" e muitas outras frases...
O dia passaria e independente do que acontecesse eu voltaria para meu refúgio, para meu aconchego, para seus braços
Se eu chegasse brava, ela esperaria até a poeira baixar para sondar o que tinha acontecido
Se eu chegasse contente, ela ficaria com um sorriso largo de lado a lado pronta para ouvir a história
E se eu me atrasasse me ligaria, porque além de tudo ela era um GPS, calculava a rota que eu tinha que fazer e o tempo provável que eu demoraria para fazer esta rota, dava uma meia hora a cinquenta minutos de tolerância pelo trânsito e se eu não aparecesse ela ligava para saber se eu já estava a caminho
Todas as noites antes de dormir, fazia questão de dar um beijo, um abraço nela e e dizer eu te amo e ela diria: "eu também"
Nenhum peso, nenhuma dor, nenhuma falta
Muito amor, muita paz e muita luz
Esta foi minha rotina, minha escolha e meu maior amor vivido

Mãe, continue brilhando dai que eu continuarei aplaudindo daqui
Saudades

3 comentários:

Anônimo disse...

Ke, simplesmente LINDO!!!


Somente quem teve ou ainda tem uma mãe assim consegue se identificar rapidamente com estas passagens emocionantes que você descreveu de forma intensa e perfeita.


Um abraço do CÃO.
(Sempre te acompanhando)

Letícia Soares disse...

Que texto maravilhoso.
Adorei, mesmo! Adorei demais!


www.ociopreenchido.blogspot.com

Roberto Codax disse...

Maravilhoso KE, um texto muito sensivel e profundo, nos faz refletir.

  © Blogger template Werd by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP