26 de set de 2011

E ninguém mais

O impacto diante do novo
É tão grande, tão maior que tudo
Que ela vive um dilema
Imóvel
Sente pedaços dela em confronto
Uma parte corre, outra quer permanecer
Uma parte faz diferente de tudo o que já fez
E a outra pára no mesmo lugar de sempre
A imagem fixada
A vontade camuflada em sonhos
O travesseiro como seu único companheiro
Ele sabe
Ela sabe
E ninguém mais!

14 de set de 2011

Era para ser hoje, mas não foi

Hoje era para ser um dia triste
Não sei se a palavra seria triste
Mas era para eu acordar me sentindo estranha
Me sentindo passada para trás
Ou até esquecida
Era para eu achar que perdi muito tempo dedicado em orações, pensamentos e criando histórias em cima de nós
Era até para eu querer tirar satisfações
Existem?
Hoje, era um dia que tinha tudo para dar errado
Mas deu tudo certo!

4 de set de 2011

Por

Por tudo aquilo que eu não tenho em você
Pela sua indiferença
Pela minha insistência
Pelo seu coração ocupado
Pelo meu destino maltratado
Por aquele telefonema não recebido
Aquele carinho não usado
Por tantas faltas
Por tão pouco e tanto ao mesmo tempo
Por tudo que não foi nada
Por nada que me trouxe tudo
Eu ainda te espero

  © Blogger template Werd by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP