10 de out de 2012

Em uma ligação

O tema "amizade" entrou no ar...
Ele vem vindo já faz um tempinho, mas o que me fez querer escrever hoje foi por conta de uma ligação...

Ao longo dos anos, vamos conhecendo pessoas, experimentando as amizades, conhecendo seus valores, seus pensamentos, suas neuras e escolhendo para si aquelas que farão parte até a eternidade.

Eu já passei por muitas amizades, fases, crises, discussões e perdões. Já acreditei em amizades como sendo minha única energia vital e me enganando...

Quando pequenos, queremos alguém para brincar com a gente, depois queremos alguém para curtir a balada com a gente, começamos a sonhar, nos apaixonar e queremos que nossos amigos comecem a namorar junto com a gente para podermos viajar de casalzinho para a praia, fazer inúmeros passeios com todos e que nada, nada nunca mude!

Mas as coisas mudam, as pessoas mudam e por que não dizer que a gente muda?

Liguei para ela agora a pouco. E quando me atendeu com aquele jeitinho todo fofo eu pensei: não consigo brigar com ela por ela não me ligar nunca, não consigo cobrar dela mais do que ela já me deu por toda vida. 
Ela me ensinou o que a palavra amizade significa.
Amizade para mim é aquela que não temos medo de falar o que pensamos, pois se eu tenho receio de dizer algo, não é amigo, é alguém que não tenho liberdade para ser eu mesma. 
Amigo, é aquele que a gente fica emburrada por 5 minutos, até entrar em casa e ligar correndo para falar "desculpa, eu te amo"

Ela me ensinou a me virar sozinha na balada:
" - Aprenda a ficar sozinha na balada porque a qualquer momento eu posso conhecer alguém e você vai ficar que nem dois de paus."

Me ensinou a palavra birra:
- Vamos para a casa da Van, ela é legal!!
" - Não vou, não vou e não vou"

Aprendi a palavra ciúmes:
- Tudo bem...agora que você tem outras amigas na faculdade eu sou detalhe ne? Tudo bem, deixa eu nem me incomodo com isto. Fica com a Denise sua super amiga!!!
" Para com isto, que coisa boba"

Me ensinou que brigar também é sinônimo de carinho, que nem sempre quem te abraça e te diz te adoro é amiga.
   
Ela é de fato uma das minhas melhores amigas! 
Estando aqui do meu ladinho ou longe. 

No telefone ela me contou que já se mudou para a casa do namorado, que a tia e o tio (somos amigas há tanto tempo que os pais dela eu chamo de tio e tia) não moram mais na antiga casa dela, que foi um lugar que passei bons momentos.

Quando ela me disse isto, algo em mim doeu. Não sei se pela constatação de que nossa fase de solteiras acabou, se me dei conta de como o tempo passa rápido e hoje somos duas adultas ou se foi apenas pelo fato de ver que agora será mais difícil encontrá-la.

Sua voz estava animada e feliz!
E eu, mesmo estando com uma dorzinha pequena fiquei feliz por ela, porque amizade verdadeira só deseja o melhor, mesmo que este melhor seja longe de você.  

19 de ago de 2012

Não sei

seu nome
se gosta mais da noite ou do dia
se tem vontades diferentes das minhas
ou se somos idênticos

se vai demorar
ou vai aparecer em breve

sei que não tem data
hora marcada

Nada planejado

Mas sei que vem
E vai ser não só o que eu busco
Como além
Aquém

pode ser ele
pode ser aquilo que eu tanto busco
se não há paz
nada se faz

o que se espera
o que se pede
com fé
com vontade
na hora certa, chega

17 de jul de 2012

Te...

Não que ela quisesse ser a atenção do mundo
Nem mesmo o centro do Universo
Ela queria colo, atenção, carinho e um pouco de tequila
Ela não esperava ter razão, só queria coração
Não precisava de várias ligações ou muitos torpedos
Só precisava de algum em especial
Por que tantos tem esta atenção e eu não? Ela pensava
E a resposta nunca vinha
Encontrava uns garotos interessados nela por uma semana
Encontrava uns outros apaixonados por ela, com namorada
Mas aquele que estaria com ela o tempo todo em qualquer condição não
Abriu as portas, as janelas, deixou o ar entrar
Repensou sua vida, seus medos e suas fraquezas
Analisou seus defeitos, seus mais sujos e incontáveis defeitos
E não teve resposta...
O Sol que batia na janela esquentava suas bochechas rosadas
E ela pensava
Na falta de respostas, decidiu ficar com a tequila...

12 de jun de 2012

Baú

E aquilo tudo que estava guardado veio à tona...
Foi buscar no baú do porão coisas do passado
Encontrou sentimentos ressecados e dores mal curadas
Encontrou histórias mal contadas e pessoas mal amadas.

Naquele baú tinham dores de cotovelo, ciúmes, insegurança e falta de amor próprio
Mexeu e remexeu no baú de forma que não dava mais para fechá-lo
Todos os sentimentos misturados estavam tentando fugir
E ela sem saber o que fazer
Foi deixando eles irem embora...

Vazia de sentimentos e intensa de sensações ela por ali fica...




28 de mai de 2012

A mais


Tem tanto de mim que me sinto transbordando...

1 de abr de 2012

Algo de verdade

Hoje eu só precisava de um abraço apertado
Um silêncio para marcar o momento
Sem palavras
Desculpas
Julgamentos

Hoje eu só queria um carinho
Um colo
Um bocado de afeto

Não precisava de palavras
Elas só estragam o momento

O carinho
Nem que fosse uma singela palavra
ou uma ligação

Hoje eu só queria algo de verdade

13 de mar de 2012

São raras vezes

Hoje em dia quase que não acontece
São poucas vezes
Em raros momentos
Quase imperceptíveis
Mas você aparece
Você chega devagarinho
Como se eu não percebesse sua presença
Vem de mansinho
Como uma marolinha leve que chega na beira da praia
Hoje as sensações também são quase imperceptíveis
É ao olhar rapidamente para alguém que está passando na rua
E ao invés de enxergar a pessoa, enxergar você
E quando volto a olhar, não tem mais nada ali
Já passou, já aconteceu
Agora são doses homeopáticas
Alucinações variadas em pequenos espasmos de pensamento
Depois é só respirar e voltar para a vida normal
Estou quase curada
Estou quase pronta
São poucas vezes, em raros momentos!

22 de fev de 2012

Perder para ganhar

Já perdi demais:
Tempo
Carteira
Dinheiro
Botão da camisa
Gente
Pessoas queridas
Amores
O perder se tornou comum
O normal
O que eu já conheço
Tornou meu dia-a-dia
Por perder tanto e doer tanto, estanquei a dor
E esqueci o significado da palavra ganhar
Esqueci a satisfação de ganhar
E ganhei o medo
O medo de ganhar e perder
Parei de tentar
Não sei começar
Fiquei na zona de conforto
Não sei por onde começa
E qual o gosto
Preciso perder o medo para voltar a ganhar

10 de fev de 2012

Retalhos

Ela quer de verdade
Quer pra valer
Não espera meias verdades
Não espera desculpas

Está inteira

Não quer ser pedaço de uma história mal contada
Nem fazer parte de um pequeno capítulo
Nem fazer uma participação especial

Ela quer ser o livro todo
Do começo ao fim
Não precisa de pedaços, retalhos e migalhas
E é por isto que aguarda

E que aguarda tanto

21 de jan de 2012

Dedução...

A maioria das pessoas tem a felicidade condicional, ou seja, eu sou feliz por causa disto (podem ser coisas materiais ou pessoas ao seu redor)
Aprendi com o tempo que a felicidade verdadeira é aquela onde você consegue ser feliz com você e depois por ter as outras pessoas ou outras coisas!

15 de jan de 2012

Liberte-se!

Se é para começar do zero e fazer tudo novo,
Se é para ser, para estar
Que o velho não te atrapalhe nem o bloqueie
Desfaça-se daquelas velhas cartas de amor, daquele histórico de mensagens que hoje já não vale mais nada, rasgue aquele bilhetinho fofo do início do relacionamento, jogue fora o CD com dedicatória que ele te deu.
Para o novo chegar é preciso que o velho vá embora e muitas vezes ele não se vai porque você não deixa.
Nem sempre o velho te persegue, muitas vezes você persegue o velho.
Para que insistir naquele que só te fez mal ou naquele que te fez bem só enquanto durou?
Não foque sua vida naquilo que foi bom e sim naquilo que será bom!
O velho só é bom quando existe uma boa lembrança, uma história para contar, quando serve de exemplo para não cometer os mesmos erros e para nos fazer crescer!

Fora isto, ele só serve de amarras e muletas para podermos dizer como somos infelizes sem nos sentirmos culpados!

Desamarre-se do seu passado e viva seu presente pensando no futuro!

8 de jan de 2012

Aceite

Não vou mudar meus atos
Meus fatos e meus eus
Eu espero pelo novo, mas eu também busco ele
Minhas feridas, meus tropeços, meus erros estão comigo
Caminhando enquanto ando também
Minha bagagem contém bons e maus momentos
Contém minha essência e esta não dá para me desfazer
Com o tempo, mais bagagem, mais defeitos e mais qualidades ou aprendizados
Para conviver comigo, basta aceitar meus erros, elogiar minhas qualidades e não se esquecer de que sou humana.
Farei o que puder para não ser o máximo do meu defeito e nem o mínimo da minha qualidade, mas aceite.
Aceite a possibilidade de falharmos juntos!

  © Blogger template Werd by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP