31 de mai de 2008

Tim tim!

Olhando pelas taças de vinho
Vejo roupas no chão
Sapatos, calças, lingeries.
Olhares, bocas, sabores
Vejo você sob as taças
Aproximando-se de mim
Sinto seu perfume
Sua alma
Você
Seu olhar sob meu corpo
Impede que eu possa falar
Pois você me emudece
Impede que eu possa ver outros olhos
Pois você me hipnotiza
E sob as mesmas taças de vinho
Meu corpo se recolhe
E pede em silêncio
Que você se aproxime
E saia das taças
Dos vinhos
E venha até mim

27 de mai de 2008

Eu sou Smexy

Outro dia numa conversa pela internet com um amigo muito querido e frequentador assíduo deste blog soltei a seguinte frase: Eu não me acho sexy!
O sentido de dizer que não me acho sexy, vem de longas datas.
Para mim homens ou mulheres sexys são aqueles que os olhares são sensuais, o andar transpira sensualidade e provoca manifestações das mais diversas e que mesmo quando abre a boca não decepciona.
Isto para mim é ser sexy!
Tenho vários amigos e amigas sexys seguindo este conceito exclusivamente meu.
Para a minha surpresa meu amigo respondeu:
" É claro que você não é sexy, sexy é ultrapassado, você é Smexy!"

Fiquei na mesma porque até aquele dia "smash" era marca de chocolate, agora Smexy era novidade
Ele disse que no Rio de Janeiro este termo já é usado e é chiquérrimo!
E que smexy significa SMART+SEXY!
Que são as mulheres bem resolvidas, bem sucedidas, inteligentes, alto astral, batalhadoras, que são sexys por existirem sem apelar para o vulgar, se curtem e se bastam.
Elas são as mesmas que saem com os amigos ou sozinhas numa boa, sem aquela apelação "ai vou sair sozinha para ir ao cinema?" ou "Ai não vou sair com aquele casal de amigos! Não quero ser vela".
Depois disto, comecei a pensar a respeito...

Sabe que eu gostei?

Quantas mulheres se sentem um lixo porque seus respectivos não a valorizam?
Quantas batalhadoras que saem de madrugada para trabalhar e voltam na madrugada sem ver o Sol um minuto se quer do dia?
Quantas de vocês já se perguntaram onde está a sua realização pessoal, a sua batalha, o seu alto astral?
Eles dependem de quem?

Quantas vezes jogamos a responsabilidade de sermos felizes em cima de outras pessoas? Muitas vezes pessoas estas que nem conseguem carregar a própria missão de ser feliz. Pessoas que também lutam diariamente para terem um lugar ao riso!
Por que sermos felizes mediante a uma condição?
Por que não sermos felizes por existirmos? Por sermos quem somos?
Por batalharmos todos os dias por um dia melhor, pelo que temos, pelo que não temos, pois é exatamente o que não temos que faz de nós inspirados pelo amanhã, por existirmos!

Vamos parar agora com estas falsas modéstias, com estes clichês e vamos aceitar o que somos e nos amar, pois sem o nosso amor, não amamos ninguém...
E só respondendo ao meu amigo, você tem razão, eu sou smexy sim!!

25 de mai de 2008

Falas

A tua pele, na minha fala
Cada palavra que meu pensamento diz
É um espaço esperando por um triz
É aquela vontade que minha ética diz pare
É o desejo pedindo para que dispare
É a vontade
A falta de coragem
Meu coração lutando
Contra ele mesmo
Contra mim
Contra as regras
As éticas
Os conceitos
Mudados por você
A tua pele, na minha mente
Me despe
E me recria
Mexe
E me remexe
Distorce minhas falas
E fantasia meus sonhos
A sua presença fala mais alto
Grita a vontade de trazer você para mim

20 de mai de 2008

Que fique claro!

Não quero que me beije ontem
Que me abrace ontem
Nem mesmo que me ame ontem
Não quero que olhe hoje e me diga que eu fui o melhor que já te aconteceu

Não quero ter sido, quero ser!
Não quero ouvir de ti que se pudesse voltar no tempo eu seria a sua melhor escolha
Não sou escolha, sou realidade
Não sou passado, sou presente
E tão presente que viajo em seus sonhos
Leio seus pensamentos
Mas não ontem, hoje!!
Não quero que descubra amanhã que sou eu aquela por quem sonhaste
Quero saiba desde hoje e para sempre

E que fique claro a você
Que eu sou o presente do seu futuro

15 de mai de 2008

Fogo de palha

Fui desafiada...
A missão: um fogo de palha!
No fogo que da palha saiu
Um arrepio
Na pele que o olho despiu
Um suspiro
Ai de mim se assim
Este desejo explodir
A boca que desejo e que não posso
O beijo que senti sozinho
A pele que do respiro suspira
A cama de onde nunca teria saído
Se esta boca e este beijo estivessem aqui

13 de mai de 2008

Pessoas

Erro
Erro quando tento acertar
Quando tento errar e sai errado
Erro mesmo quando não queria errar...
Erro porque eu não sou você
E por não ser você erro tentando acertar em ser o que você quer
Erro porque falo
Erro porque sinto
Erro porque não sinto
Erro porque sinto muito
Sinto e falo
Erro, falo e erro de novo tentando consertar
Seres humanos...
Palavras
Ações
Levam a reações
Erro porque as ações e as reações nem sempre são como imaginei
Erro, porque pensei
Erro, porque nem sei

4 de mai de 2008

Uma mesma nova janela

Abri a janela
A mesma janela de todos os dias
Mas a vista era outra
Senti tão livre e feliz
Que quase não consegui acreditar no que via
Como uma mesma janela podia me dar tantas alegrias
Embora tantas vezes ela não me disse nada?
Descobri enfim que não era a janela
Não era o dia
E nem o lindo Sol que ali brilhava
Era a mim que o dia pedia
Era o meu bom humor, minha alegria em viver
E meu agradecimento por mais um dia de vida!
Esta janela, nada mais era que minha própria vida
E que a partir daquele momento aceitaria as paisagens...
Todas elas
Pois serão as melhores telas que por ela pintarei

  © Blogger template Werd by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP