26 de ago de 2010

Em construção

Já chorei muito mais aos finais de casos amorosos
Já me emocionei bem mais nos filmes de amor
Já acreditei mais nas lágrimas alheias
Na dor dos outros
No problema dos outros
Já fui muito mais próxima
Muito mais amiga
Muito mais presente
Muito mais os outros
Do que eu

Já acreditei nas desculpas
Nas justificativas
E nas explicações
E já acreditei muito mais nos fins
Que nunca justificam os meios
Que nunca justificam nem ao menos o começo
Já caminhei por um objetivo e no meio dele descobri que o caminho não me levava a nada
Já procurei respostas
Mas não me atentei as perguntas

Por que será que somos assim?

17 de ago de 2010

Meu sofá-cama

Era só um sofá-cama. Não era o mais moderno. Não era o mais bonito, mas era o meu sofá-cama!
Era um objeto que não deveria causar esta sensação, eu sei, mas causou.
Quando D Beth falou que tinha arranjado dono para ele fiquei atônita.
Como o meu sofá-cama vai embora assim? - pensei.
Está certo que eu não usava mais ele. Mas ele era a minha história. Ele era parte da minha vida!!!
Ele foi para a praia, passou noites e noites comigo, sentiu meus desejos mais secretos e profundos, dividiu os meus melhores e piores momentos...
Depois voltou para a cidade.
Sua utilidade no começo era quase nenhuma, mas eu falava:
- No meu sofá-cama ninguém mexe!
E ninguém mexeu, por cinco anos ninguém mexeu.
De repente a campainha! Abro a porta e me falam:
- "Vim buscar seu sofá-cama!"
(como veio buscar MEU sofá-cama, como você mesmo está dizendo é MEU sofá-cama!!)
- Claro, já estou indo ai.
Se devagar o sofá-cama chegou, muito rápido ele foi embora...

Ao vê-lo descer a rua da minha casa fui sentindo uma parte minha sair também. Era uma menina de 20 e poucos anos. E embora ela parecesse ser madura, estava brincando de amarelinha ao descer a rua...ainda olhou para trás, me mandou um beijo e deu tchau!

Um dia nossos sofás-camas mudam de lugar, mudam de função e temos que abrir mão dele.
Temos que perceber que ele não faz mais parte da nossa vida e que virão muitos outros "sofás-camas".
Virão muito mais objetos que nos levarão a pensamentos e nostalgias.
Teremos muito mais do que lembrar...
E não é porque ele não vai estar mais ali que eu não lembrarei dele.
Ele fará parte da minha história, só que agora, em outro lugar!

4 de ago de 2010

Ou eu ou você ou nós

Eu ou você
Você e eu, não importa
Tem algo para você e tem algo para mim também
Tudo é tão surpreendentemente perfeito...
Ok, você não acha, não concorda, mas é
É que nao vemos perfeição
Vemos o que falta
O que não tá dando certo
Focamos tanto nisto
Que fica muito, mas muito difícil
Achar o que é belo
O que de fato é legal
O que de fato vale a pena
Tudo vem para mim e para você
E não ao mesmo tempo
E nem na mesma hora
Mas as coisas acontecem
E não é questão de sorte
Acaso
Trevo de quatro folhas
É questão de você ser quem você é
E nada além disto
Não tô falando de fotos sorridentes em festas de arromba
Fotos de orkut
Fotos de facebook
Tô falando do sorriso largo
Aquele que não pensa para sair
Aquele que seu pulmão concorda
Que seu coração sente
Tô falando de riso de colo de mãe
Colo de pai
Colo de qualquer pessoa que te deixa bem
Tô falando de conversas que não são ditas uma palavra se quer
Mas que fazem todo o sentido
Tô falando de pés na grama
O Sol batendo na sua face
Tô falando de sentir-se bem
To falando de fazer o bem
To falando de apenas ser
Ou eu ou você
Eu e você
Não importa
Importa ser

2 de ago de 2010

Se é...

Se é pequena, é "mignon"
Se é grande, é mulherão
Se é baixa, é invocada
Se é alta, estabanada
Se sorri muito, é descontrolada
Se não sorri, é fechada
Se mostra interesse, é dada
Se não mostra, é entediada
Se gosta de ti, certeza, é coitada!

  © Blogger template Werd by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP