29 de mai de 2009

Abrir a porta para a Maria
Deixar água e ração para a Nina
Passar na farmácia e comprar meus cremes
Não esquecer de ligar para a Noemia e desmarcar a consulta ao dentista
Avisos e lembretes do outlook piscam e me convidam a sair da frente do computador
Eles dizem: não esqueça de...
E eu não quero mais me lembrar de!
Paguei o cartão de crédito?
Ai, não lembro...consulto o banco, tá pago!!!
E a mensalidade da academia?
Vence semana que vem
Não posso mostrar esta cara de derrotada no serviço
O que vão pensar de mim? Que virei a noite em cima daquele relatório?
Passa base e pó no banheiro do serviço, ninguém vê mesmo
Passei demais agora pareço palhaça!
É estilo...(tomara que ninguém perceba)
Derrubei meu copo de água no relatório que acabei de imprimir!!!!!
O mesmo que virei a noite fazendo
Meu celular avisa que é hora de tomar meu remédio
Não, é apenas complemento alimentar porque eu não tenho tempo para comer!
Não, não é nada grave, falta de tempo apenas
Desculpe, mas preciso ir para minha PÓS!
Trouxe minha tese para o coordenador?
Sim, trouxe!
Tá na pasta, em cima da minha mesa do serviço!!!!!!!!!!
- Não, eu juro que fiz! Esqueci no serviço, posso passar por email assim que chegar em casa? Por volta da meia-noite?
TRIMMMMMMM
Ah não, já? 7:00h?
Não é sábado?
TEMPO, PAUSA!!!!!!!!!

Antes, eles diziam quem eu era
O que vestia
Comia
Definiam meus passos
Subliminarmente indicavam minhas palavras, meus defeitos meu modo de usar
Eu não conhecia meu manual de instrução
Era como se estivesse com um emprestado
Alugado temporariamente
Hoje não mais
Não perco a paz e a pressa é apenas para não perder o vento que vai me acariciar a beira mar
Meus lembretes, são sonetos, cantos, amigos, vida
Meu manual, é meu e de mais ninguém!

21 de mai de 2009

Em segundos

Porque eu vou pensando em tudo aquilo que ficou para trás
E eu vou querendo vomitar palavras, desejos e amores
E gritar pro meu coração não mais doer, porque ele dói
Dói porque está vazio e o vazio dói

Mas ele não me diz o que eu preciso fazer para mudar isto tudo
Ele só bate, bate e bate e não me explica o porque

20 de mai de 2009

E...

E porque eu não sei o que fazer preciso não fazer nada.
E por não fazer nada me sinto encalacrada dentro de mim pronta a ferver e explodir como uma panela de pressão?

E como se não bastasse preciso sorrir para todos e para tudo só porque é educado e de bom tom?

E ouvir que todos dariam tudo para estar no meu lugar?
Meu lugar?
Alguém conhece ele?
Nem eu achei, como podem querê-lo?

E tenho que engolir a seco a vontade de largar tudo e correr atrás do meu sonho das letrinhas que escorregam aqui e voam para o mundo...

10 de mai de 2009

Só ela

É a que dá calor
É a que dá amor
É a que dá bronca, com dor no coração
É a que ensina com os erros dela o que não devemos fazer
A que educa
A que nem sempre acerta, mas que não desiste nunca

É aquela que muitas vezes nem precisamos de palavras
Apenas um colo
Independente da condição
Independente da força
Independente da saúde
A que nos mostra por onde começamos e o quanto temos a caminhar

Nos dá o calor, o carinho e a força necessária

É a que quando parte nos deixa uma saudade tão grande
Que não adianta ela dizer que vai partir e que não é para ficarmos tristes...
Porque por mais que saibamos que cada um de nós tem sua hora de partir, o nosso egoísmo acaba sendo maior e fazendo com que a gente esqueça por um momento que estamos na Terra apenas de passagem...

E porque o espaço preenchido por ela jamais será ocupado

É amor demais para ser possível compreender

5 de mai de 2009

Clichê

Estava lendo seu e-mail
Aquele email que me pede desculpas pelo mal que me fez
Não sei se me fez algo, nem sei se tinha algo para fazer...aliás o que você fez mesmo?
Aconteceu, assim como outros milhões de casais acontecem
Acontecem de vez em quando ou sempre, nem sei...
E sempre vai ter aquele lado que vai doer e o outro que vai sorrir
O lado que pula e o outro que se esconde
Encontrei algumas fotos também
Felizes, estáticas, nostálgicas...
Doeu! Doeu porque olhando agora já não sinto nada
E por mais que eu quisesse viver de novo já não seria mais o mesmo
Porque é o mesmo que assistir novamente um filme esperando outro fim
E porque agora o nosso fim não muda
Só não entendi o por que de tantas desculpas

  © Blogger template Werd by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP