17 de mar de 2009

Sem tinta

O papel é branco, novinho
Pronto para ser escrito
Não tem vícios
Não tem histórias
Não tem passado
É liso e vazio
Para ser preenchido

Mas veio a chuva e molhou
Passou o Sol e queimou
E por fim o vento que o levou...

Custava esperar pelo menos eu escrever?

2 comentários:

João Eduardo Q. C. disse...

Ke, eu não sei se esta blogada é séria, mas se for, me desculpe, pois eu ri. Até pude ver a sua cara de ultrajada vendo o papel sendo levado por um ventão. Adorei!

Beijos

disse...

KKKKKKKKKKKKKK
Séria? Depende, séria no sentido de ter acontecido comigo? Não, nã... é um sentido figurado Tipos assim... coisas que não tivemos tempo de escrever...


rssssssssss

bjssssssss

  © Blogger template Werd by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP