10 de out de 2012

Em uma ligação

O tema "amizade" entrou no ar...
Ele vem vindo já faz um tempinho, mas o que me fez querer escrever hoje foi por conta de uma ligação...

Ao longo dos anos, vamos conhecendo pessoas, experimentando as amizades, conhecendo seus valores, seus pensamentos, suas neuras e escolhendo para si aquelas que farão parte até a eternidade.

Eu já passei por muitas amizades, fases, crises, discussões e perdões. Já acreditei em amizades como sendo minha única energia vital e me enganando...

Quando pequenos, queremos alguém para brincar com a gente, depois queremos alguém para curtir a balada com a gente, começamos a sonhar, nos apaixonar e queremos que nossos amigos comecem a namorar junto com a gente para podermos viajar de casalzinho para a praia, fazer inúmeros passeios com todos e que nada, nada nunca mude!

Mas as coisas mudam, as pessoas mudam e por que não dizer que a gente muda?

Liguei para ela agora a pouco. E quando me atendeu com aquele jeitinho todo fofo eu pensei: não consigo brigar com ela por ela não me ligar nunca, não consigo cobrar dela mais do que ela já me deu por toda vida. 
Ela me ensinou o que a palavra amizade significa.
Amizade para mim é aquela que não temos medo de falar o que pensamos, pois se eu tenho receio de dizer algo, não é amigo, é alguém que não tenho liberdade para ser eu mesma. 
Amigo, é aquele que a gente fica emburrada por 5 minutos, até entrar em casa e ligar correndo para falar "desculpa, eu te amo"

Ela me ensinou a me virar sozinha na balada:
" - Aprenda a ficar sozinha na balada porque a qualquer momento eu posso conhecer alguém e você vai ficar que nem dois de paus."

Me ensinou a palavra birra:
- Vamos para a casa da Van, ela é legal!!
" - Não vou, não vou e não vou"

Aprendi a palavra ciúmes:
- Tudo bem...agora que você tem outras amigas na faculdade eu sou detalhe ne? Tudo bem, deixa eu nem me incomodo com isto. Fica com a Denise sua super amiga!!!
" Para com isto, que coisa boba"

Me ensinou que brigar também é sinônimo de carinho, que nem sempre quem te abraça e te diz te adoro é amiga.
   
Ela é de fato uma das minhas melhores amigas! 
Estando aqui do meu ladinho ou longe. 

No telefone ela me contou que já se mudou para a casa do namorado, que a tia e o tio (somos amigas há tanto tempo que os pais dela eu chamo de tio e tia) não moram mais na antiga casa dela, que foi um lugar que passei bons momentos.

Quando ela me disse isto, algo em mim doeu. Não sei se pela constatação de que nossa fase de solteiras acabou, se me dei conta de como o tempo passa rápido e hoje somos duas adultas ou se foi apenas pelo fato de ver que agora será mais difícil encontrá-la.

Sua voz estava animada e feliz!
E eu, mesmo estando com uma dorzinha pequena fiquei feliz por ela, porque amizade verdadeira só deseja o melhor, mesmo que este melhor seja longe de você.  

3 comentários:

Lu Morangon disse...

As vezes a gente não quer que nada mude, que tudo continue exatamenete igual... Mas já pensou como isso seria chato?
É uma delicia ver que amadurecemos. E amizade mesmo, de verdade,nem o tempo,nem a distância, vai fazer com que acabe.
Vc's podem ficar dias, meses, anos sem se falar, mas qdo se encontram, é como se tivessem se falado no dia anterior.
E é muito bom sentir isso!!

Mari disse...

Dizem que amigo é aquele que está com você nas horas boas e nas horas dificeis.

Eu já não sei. Nas horas boas, aproveitadores se aproximam. Nas horas ruins, sabotadores se aproximam....

Mas li estes dias, e concordo, que amigo mesmo é aquele capaz de suportar a sua felicidade! =)

Que felicidade dos seus amigos, tê-la assim!

Beijos, minha amiga!

Maria disse...

Que texto lindo. Concordo com os conceitos. Amizade é se sentir bem sem ressalvas, sem vergonha e sem segredos. Tenho sentido algo parecido com meus amigos, crescemos e a vida vai nos distanciando de quem antes era tão próximo. Mas as lembranças são tão lindas, mas tão lindas, que não existe espaço para cobrança.

Vida longa para a amizade verdadeira de vocês!!!

meu beijo, querida.

  © Blogger template Werd by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP