12 de dez de 2007

A flor do meu jardim!

Ela sempre foi doce
Tinha os olhos claros
Pele clara
Seus cabelos já grisalhos eram como uma nuvem

Tinha uma fala calma, tranquila e pausada
Transmitia equilibrio e amor
Conseguia dizer em poucas palavras
Tudo aquilo que precisávamos ouvir

Seu nome era de uma flor
Assim como ela
Meiga, frágil mas firme

Seu sorriso era contido
Sua paz era imensa
Sua paciência sem fim

Sua lembrança será eterna
assim como meu amor por ela

Seu nome era Daisy!
uma margarida
que veio florescer lá no jardim de casa

Nasceu para iluminar nosso lar
Para enfeitar nossos dias
E fazer crescer a nossa vida

De tudo o que aconteceu
Só uma coisa me entristece
Muitas pessoas nao puderam tê-la por perto

Sinto-me honrada embora as vezes entristecida com sua ausência
Mas se ela esteve ao meu lado por tanto tempo, significa que sou especial também
Não é todo dia que seres especiais envolvem-nos de amor

E por conta de tudo de bom que ela me deu
Decidi dar de presente a ela esta singela homenagem!
Um texto, uma poesia, nao sei
Mas é um presente em forma de palavras!

k.c.c



4 comentários:

bruna garcia disse...

A flor do seu jardim habita meus sonhos ainda! =)

beijo

Raquel München disse...

Me emocionei lendo este poema...
Lindo, parabéns!!
Beijos!

Anônimo disse...

Que lindo, Keila!
Bjo

Lu Morangon

Maria disse...

Saudade, ah a saudade... Mas o amor fica, milagrosamente mais forte e mais firme. Eles vão embora, mas se deixam pra gente. Ainda bem.

Belo verso!

Beijos doces

  © Blogger template Werd by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP