12 de dez de 2008

Inesperadamente acontece...

Pela troca de olhares
Já sabia
Você não vinha só para passar
Você vinha de mala, para ficar
Para lembrar o que é viver
O que é rir, o que é um abraço

Pela forma que aconteceu
Não tinha como!
Era conto de fadas
E ao mesmo tempo, real
Era um espaço, uma pausa para relaxar
E continuar a caminhada
Um sinal que tem alguém que nos ouve e nos quer bem
Um aviso de que nem sempre o que você pensa que vai acontecer, acontece
E que a surpresa, muitas vezes se torna a sua melhor rotina

Um comentário:

Raquel München disse...

"Quando a surpresa torna-se rotina..." Que bom que assim fosse, sempre!

Saudades de ler estas belas poesias!

Beijos!

  © Blogger template Werd by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP