18 de jan de 2009

Sufoco de mim

Puxei o ar, mas ele não vinha
Aquela sensação de sufoco me acompanhava há alguns minutos
O gosto de não sei o que
Invandindo uma parte de mim que eu não sabia onde cabia
Puxei o ar mais uma vez e ele insistiu em me confrontar
Uma sensação desconhecida, de alguém que me conhecia muito bem
Algo estava errado e eu sabia que a resposta estava ali
Minhas mãos geladas não conseguiam perceber o calor que ali do lado vinha
Fechei os olhos e me imaginei fora dali
Naquele campo florido, me sentia em paz
Lembrei de todos os bons momentos da minha vida
E de todos os dias em que precisei acalmar minha alma
O ar chegou
Abri os olhos e entendi
O que eu precisava de verdade
Era acreditar mais em mim

2 comentários:

Grá disse...

Acredite sempre em vc, mesmo que a situação tente te jogar pra baixo!!!!

Leosoul disse...

Lindo texto amiga...
As forças são renovadas quando conseguimos a consciência no acreditar.
bjos

  © Blogger template Werd by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP