5 de mai de 2009

Clichê

Estava lendo seu e-mail
Aquele email que me pede desculpas pelo mal que me fez
Não sei se me fez algo, nem sei se tinha algo para fazer...aliás o que você fez mesmo?
Aconteceu, assim como outros milhões de casais acontecem
Acontecem de vez em quando ou sempre, nem sei...
E sempre vai ter aquele lado que vai doer e o outro que vai sorrir
O lado que pula e o outro que se esconde
Encontrei algumas fotos também
Felizes, estáticas, nostálgicas...
Doeu! Doeu porque olhando agora já não sinto nada
E por mais que eu quisesse viver de novo já não seria mais o mesmo
Porque é o mesmo que assistir novamente um filme esperando outro fim
E porque agora o nosso fim não muda
Só não entendi o por que de tantas desculpas

Um comentário:

Lu Morangon disse...

É... o que vc escreveu aqui, serviria p/ mim, como uma luva, há um tempo atrás...
Adoro seus textos.

Bjo

  © Blogger template Werd by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP