2 de nov de 2008

Persistência

Posso ser insistente ou intrigante
Posso ter a cor de diamante, ou ser a jóia mais rara
Você nunca vai saber
Mas sabe algo que eu não vou saber?
Como é você!
Como seria o seu olhar de amigo
O calor de um abraço, umas palavras para rir

Um cinema, um teatro, um chope e dois pastel
Conversas sem pé nem cabeça
E tudo isto porque nao sei onde tudo começou
Ou terminou!
Provavelmente em algum momento que se perdeu...
E quando digo amizade, é amizade mesmo
Daquelas gostosas que não tem hora para começar e nem para acabar
Daquelas que não cobra, só dá...
Não sei onde está o erro
E nem sei se erro tem
Só sei que da minha parte
Fiz tudo o que estava e até além
Hoje me despeço, mas não de você
E sim de tudo isto que nos fez assim
Como dizem por ai...
O mundo dá voltas
Só não sei quantas mais terá que dar
Para chegarmos a nos encontrar

5 comentários:

Raquel disse...

Belo desabafo, bonito e sincerto, adorei!

Beijinhos!

João Eduardo Q. C. disse...

Ser amigo de um amor é um assunto que já rendeu um longo debate aqui em casa entre eu, minha cunhada e meu sobrinho. Meu sobrinho, que insiste em achar que amizade é amizade e amor é amor anda sempre com o seu casamento por um fio.

disse...

Obrigada QUEL!!!
Joao...é tudo uma questão de escolha se vc escolheu ser amiga de alguém que queria ter mais do que isto, é masoquismo, agora se só quer realmente uma amizade...nao tem nada q faça ficar por um fio!

Bjs e bom fds aos dois!

Carol disse...

Viximaria, Kezinha, parece que estamos mais ou menos na mesma sinuca, ou tô enganada?

Beijão!

disse...

Certíssima Carol rssssss

  © Blogger template Werd by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP